sábado, 17 de janeiro de 2009

Orçamento Suplementar: Governo prevê défice de 3,9% em 2009

O Governo prevê um défice de 3,9 por cento em 2009 - superior ao limite de três por cento do Pacto de Estabilidade e Crescimento -, corrigindo em alta a estimativa de 2,2 por cento constante no Orçamento.
O valor do défice para 2009 foi avançado pelo ministro de Estado e das Finanças, Teixeira dos Santos, no final do Conselho de Ministros extraordinário, que aprovou o Orçamento Suplementar para 2009 e a revisão do Programa de Estabilidade e Crescimento da UE.
O Governo prevê um agravamento da dívida pública para os 69,7 por cento em 2009, em vez dos 65,9 por cento estimados na proposta de Orçamento do Estado para este ano.
O
Alguém, honestamente, é capaz de me dizer alguma coisa de útil que tenham feito pelo povo português o “engenheiro”s e seus muchachos desde que chegaram “vigaristicamente” ao poder? Reduziram o défice proporcionalmente à diminuição dos salários dos funcionários públicos, para quê? Para nada, porque o dito cujo está hoje pior do que à três anos, aumentaram isso sim substancialmente, a percentagem do produto nacional aos banqueiros que afinal se veio a verificar serem cleptómanos…

1 comentários:

Ilda disse...

estão a olhar para o bicho sem saber mesmo o que fazer.

Related Posts with Thumbnails