terça-feira, 10 de março de 2009

AS LEIS DA IGREJA

O arcebispo de Olinda e Recife, D. José Cardoso Sobrinho, o mais importante do Nor-deste do Brasil, excomungou a mãe de uma menina de nove anos que engravidou do padrasto, que a violava desde os seis, e toda a equipa médica que fez o aborto dos fetos, no quarto mês de gestação, por terem praticado crime gravíssimo contra a vida. A decisão, já apoiada pelo Vaticano, causou grande revolta entre os fiéis e abriu também uma crise entre a Igreja e o presidente Lula da Silva, que classificou a excomunhão de lamentável.
D. José respondeu à indignação pública do chefe de Estado classificando-o como um 'católico mais ou menos', que pouco percebia das leis da Igreja. O arcebispo revoltou ainda mais os fiéis ao não excomungar o padrasto da menina, autor dos abusos sexuais que levaram à gravidez, e ao 'explicar' que para a Igreja o aborto é um crime muito mais grave do que violação.
A menina, que habita em Alagoínha, no interior do estado de Pernambuco, já teve alta do hospital depois da interrupção da gravidez. Recorde-se que os médicos consideraram que, além da gravidez ter decorrido de abuso sexual, a menina, que pesa apenas 30 kg, não resistiria até final da gestação: os bebés e ela própria corriam sério risco de vida.
O
Desde 1616 quando condenaram Galileu até agora, a mentalidade que rege o Vaticano evoluiu o que estamos a ver, ...0.

6 comentários:

Piquenina disse...

Eu diria que regrediu entre ]-∞;0]
(para quem não sabe muito de matemática traduz.se num intervalo aberto entre 0 e menos infinito)

aDesenhar disse...

estas aberrações arcebispais e papais
só são úteis em mar alto...
há tubarões que precisam ser alimentados.

José Espremido Até Ao Tutano disse...

Piquenina o que eu aprendo contigo...

aDesenhar temos de ter cuidado com as intoxicações alimentares, não podemos dar uma merda qualquer aos tubarões...

ferroadas disse...

Um só fim para este tipo de gente: enfia-los naquelas trituradoras do lixo.

Abraço

José Espremido Até Ao Tutano disse...

O melhor seria envia-los para o espaço, e mesmo assim corria-se o risco de poluir outro planeta com vida...

Piquenina disse...

No espaço corrias era o risco de levar com eles de novo em cima, tipo meteorito a grande velocidade..

(atenção eu sou católica.. mas à minha maneira.. não vou atrás de imposições ou ideais que não fazem sentido)

Related Posts with Thumbnails