terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Números do desemprego são animadores

O primeiro-ministro considerou hoje que os 7,6 por cento da taxa de desemprego em 2008 são "animadores" no actual momento de crise e dão uma "razão suplementar ao Governo para continuar" a política de "investimento público".
O
Só falta mesmo ver o pinoca bêbado…

7 comentários:

ferroadas disse...

Se não está bêbado parece, ou então quer fazer de nós parvos, mais uma vez.

Abraço

Anónimo disse...

Que pena não ser ele um dos desempregados!
Talvez, dentro em breve; quem sabe?
- E depois que receba do Fundo do Desemprego, ou que vá vender "magalhães" p'ra Feira do Relógio.
Ou, melhor,´p'rá p... que...

José Espremido Até Ao Tutano disse...

Ele que vá para a P... que o P...!

Independente disse...

Até deviam ser piores!!! Bem piores! do tipo 10 vezes mais! Era da maneira que este Portugal dos piqueninos SE PUNHA A MEXER DE UMA VEZ POR TODAS. Da mesma maneira que se mexem quando vão trabalhar para outro país e fazem tudo e mais alguma coisa, mas aqui não é tudo muito fino... era bom que para além do desemprego não tivessem nenhum tipo de protecção social, mas não a malta fica bem durante uns tempos e depois logo se vê. VÃO MAS É TRABALHAR. Drama é de quem quer TRABALHAR e não consegue, mas aqui falamos de DESEMPREGADOS (reparem como a palavra encerra a verdade: emprego e não trabalho).

PS: Antes que comecem as replicas aqui fica o meu perfil resumido; 35 anos, licenciado, 12 anos de trabalho INDEPENDENTE e de descontos para a SS ininterruptos (mais 2 pois fui eu que paguei o meu curso, não foi o papá) e claro está protecção social = 0, agora parece que já posso ficar doente mas por pouco tempo. Se no final do mês não conseguir pagar as contas a culpa o problema é meu. Nem para as estatísticas entro.

José Espremido Até Ao Tutano disse...

Caro independente, para licenciado escreve um bocado mal, mas depois de decifrar o que quis dizer (acho), e se não me engano, acha que este estaminé devia fechar nem que para tal tivessem que pôr o país 10 vezes pior.
Fico sensibilizado pela importância que dá ao barraco, mas denoto que necessita um pouco (para não dizer muita) de terapia, pois essa revolta que o leva a desejar mal a todo um país não é nada saudável.
Se por acaso não entendi a intenção do comentário, por favor escreva outro, mas desta vez veja se põe pelo menos as virgulas no sítio.

Um abraço e cumprimentos ao papá.

Independente disse...

Caro José Espremido Até Ao Tutano, deixe que lhe diga que para designer também se expressa (visualmente) um bocado mal ou pelo menos com um gosto duvidoso. De facto quando se está a trabalhar não sobra muito tempo para revisões. De qualquer forma obrigado pelo alerta e pela forma interessada e pedagógica com que foi feito. Isso sim revela uma obsessão verdadeiramente importante e pertinente para o país o que revela uma características dos verdadeiramente "piqueninos" (entre comas não vá dizer que não sei escrever). Quanto ao comentário acho que foi explícito. No entanto e porque as imagens e as vírgulas são o seu forte aqui fica uma situação real passada há duas semanas atrás quando tentei recrutar um colaborador entre umas dezenas de candidaturas. Quando anunciei ao escolhido a minha intenção ele disse-me que já não estava interessado (tinha passado uma semana). Interrogado sobre a razão ele respondeu preferia fazer um estágio INOV-Jovem e que basicamente preferia ganhar menos mas trabalhar/estagiar menos. Assim. Como vê não é revolta é DESESPERO e o pior é que situações destas são quase diárias. Se não é o estágio é o subsídio, se não é o subsídio é o fundo de desemprego.
Quando tiver outras responsabilidade para além de gerir um blog irá entender do que estou a falar.

Quanto ao papá, certamente que ele teria muito gosto em cumprimentá-lo e celebrar a liberdade de podermos estar aqui a discutir ideias. Infelizmente teve muito pouco tempo para usufruir da liberdade porque tanto lutou.

Ficam aqui os meus cumprimentos em seu nome.

P.S.- De certeza que não é um PROFESSOR disfarçado de designer? Lá que parece, parece.

José Espremido Até Ao Tutano disse...

Caro independente, esse seu preconceito de que, porque não lhe agrada o meu modo de me exprimir (visualmente), não faço mais nada do que gerir um blog, é, para não usar um termo mais forte, de uma parolice extrema, Quanto ao meu gosto ser duvidoso…duvido muito que assim seja, pode agradar-lhe ou não, mas duvido que duvide da minha intenção, alem disso só cá vem quem quer…
Quanto ao seu problema laboral, em vez de um “colaborador” tente arranjar um trabalhador, com os direitos inerentes a essa categoria e, provavelmente terá mais sorte.

P.S.- Não quero tornar-me chato mas, a pontuação continua a não estar correcta, e não é só por pôr comas que melhora.
Ah …já me esquecia, se este espaço lhe suscita duvidas, ou mesmo se não lhe agrada, tem uma simples solução, procure um que lhe “encha as medidas”.

Related Posts with Thumbnails