quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Há quem não se pronuncie no PS porque tem medo

O histórico do PS Edmundo Pedro afirmou ontem numa reunião socialista na sede do partido, no Largo do Rato, em Lisboa, que dentro do PS há quem não se pronuncie sobre a vida interna do partido porque tem medo."Verifiquei um total desinteresse, generalizado, notei outro fenómeno de pessoas que estão no aparelho de Estado que me diziam 'não posso pronunciar-me, porque tenho medo'; não é admissível no partido”, disse o militante histórico na reunião que serviu para debater a moção de José Sócrates ao congresso socialista, no círculo lisboeta. Edmundo Pedro tentou puxar a discussão para o debate interno da situação no partido, a tentativa do histórico esbarrou na mediação feita por Augusto Santos Silva, que preferiu canalizar a discussão para a crítica externa.
O
Existe outra campanha negra em marcha, desta vez, de um militante Socialista que bem precisa que o Sócrates e seus comparsas lhe expliquem o que é o PS e os seus primórdios…

1 comentários:

Usuale disse...

"Eu queria ser uma lágrima para nascer nos seus olhos, deslizar na sua face e morrer nos seus lábios."
Autor: (Victor Milech)

Fonte:
http://www.frasesnaweb.com.br/amor/3/

Related Posts with Thumbnails