quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Ministro das Obras Públicas desvalorizou gastos em inaugurações

No debate quinzenal, na Assembleia da República, o PSD acusou o Governo de gastar indirectamente 4,5 milhões de euros em inaugurações no valor de 500 mil euros cada uma, o que foi negado pelo primeiro-ministro, José Sócrates, e pelo ministro das Obras Públicas.
"O PSD falou em cerca de quatro milhões de euros a dividir por mais de 600 inaugurações. Eu nem sabia que era tão pouco.” Afirmou Mário Lino.
O
Deviam estar em saldo…

4 comentários:

anamar disse...

Bom como sempre....
Não ouvi o debate, mas basta passar por aqui...

Anónimo disse...

Estes piratas ainda gozam...
Talvez mais cedo que tarde se venham a arrepender.
Da próxima, cravos, só depois de uma boa limpeza!
Rui Silva

José Espremido Até Ao Tutano disse...

O brigado ANAMAR.

Estou a Estou a almejar que tenha razão amigo Rui.

Marreta disse...

Tantas inaugurações?! 600?! Daqui até às eleições esse número deve quadriplicar. Vamos ter inaugurações de tudo e mais alguma coisa, desde o chafariz mais remoto, até ao corrimão da escadaria do jardim de Carrazeda de Ansiães. Vai ser só champanhe e bolo e mais uns milhõeszitos de euros, pagos por nós, é claro.

Saudações do Marreta.

Related Posts with Thumbnails