segunda-feira, 10 de novembro de 2008

«A terrível praga do aborto, alcandorada a direito fundamental»

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) criticou esta segunda-feira a «aprovação de leis fracturantes», nomeadamente ligadas à política de família, quando «todos deveriam unir as vontades e as inteligências» para responder aos problemas provocados pela crise económico-financeira, escreve a Lusa.
O
Blá, blá, blá, paz, blá, blá, blá, fome, blá, blá, blá, pobresa, sigamos o exemplo dos nossos irmãos gregos ortodoxos e arménios…

3 comentários:

Anónimo disse...

O que eu acho giro é os Srs Bispos CHEIOS DE DINHEIRO, virem falar em pobreza. O maior negócio em Portugal é Fátima.

Comunista Inconformista disse...

A igreja católica em vez de falar devia fazer qualquer coisa pelas centenas (milhares?) que em Portugal passam fome por não terem dinheiro... Enquanto o Vaticaninho se banha em luxos...
Paz e Amor na terra…

José Espremido Até Ao Tutano disse...

Caros amigos Anónimo e Comunista Inconformista, sempre desde que existem as religiões só tem servido para controlar os ignorantes e encher os bolsos dos ditos "cleros"

Related Posts with Thumbnails