quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Vítor Constâncio não ficou surpreendido com eventual acesso da banca ao aval público

O governador do Banco de Portugal declarou hoje não ter ficado surpreendido com a intenção manifestada pelos maiores bancos portugueses de recorrerem à garantia bancária de 20 mil milhões de euros, concedida pelo Estado.

Afinal para alguns o dinheiro cresce nas árvores...

4 comentários:

Anónimo disse...

Onde posso arranjar sementes para plantar um jardim desses? he, he, he.

José Espremido Até Ao Tutano disse...

Se soubesse estava de grande!

Marreta disse...

Não ficou surpreendido? Nem eu! Quem é que ficou surpreendido? Haverá por aí alguém?!
A surpresa era se fosse o contrário.
Belo blog que aqui tens, vou linkar e fico desde já cliente assíduo.
Saudações do Marreta e... marretada neles!

José Espremido Até Ao Tutano disse...

Obrigado, Marreta.
Não se abstenha de comentar, pois temos de criar aqui alguma dinâmica.
Marretarei, marretarei!

Related Posts with Thumbnails